quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Bomba de Combustível Eléctrica em um Panda a carburador


Neste post vou deixar instruções sobre como montar uma bomba de combustível eléctrica nos Pandas a carburador.

A utilização deste tipo de bombas torna-se útil quando de substituí o motor do Panda por outro, no arranque e quando o motor está a funcionar em altas rotações.

Muito poderia ser discutido aqui sobre as vantagens e desvantagens, mas por forma a tornar este post simples e directo não me vou "estender" muito mais!

Após  várias pesquisas deixo o esquema que traz mais vantagens em termos de segurança.

Neste esquema tem-se a considerar o uso de uma bomba de combustível de sucção pois por segurança, esta deve ser instalada em um local protegido dos elementos, dentro do capô do panda e em uma cota acima do deposito de combustível.

Em termos de segurança usa-se dois "níveis"; Quando o motor do Panda está parado com a chave de ignição "ligada" e Quando o motor do Panda está a funcionar.

Motor do Panda parado e chave de ignição "ligada":
O relé vai buscar a alimentação positiva à bobine de ignição e o negativo ao sensor de pressão do óleo (que quando o motor está parado deixa conduzir corrente), nestas condições o  relé atraca fechando o circuito através dos pinos 87 e 30, sendo a bomba de combustível apenas alimentada quando se dá ordem de arranque ao motor. 

Motor do Panda a funcionar:
Após o arranque do motor o relé deixa de ter alimentação, pois o sensor de pressão de óleo detecta pressão de óleo, e corta a alimentação negativa (que também desliga a "luz do óleo" no tablier), nestas condições o relé desatraca, fechando o circuito através dos pinos 87a e 30,sendo a bomba de combustível alimentada a partir do positivo que alimenta a bobine de ignição vindo do comutador da chave de ignição.

Com esta solução quando o motor do panda não está a funcionar a bomba também não funciona. Poupando assim a vida útil da bomba e a segurança em caso de acidente!!!
Pode-se também usar um interruptor de inércia para aumentar a segurança em caso de colisão.

Dada a explicação aqui fica o esquema:
Clicar para aumentar

A - Bateria.
B - Comutador da Chave de Ignição.
B1 - Fio azul e branco (existente) que leva a alimentação positiva à bobine de ignição.
C - Bobine de Ignição.
C1 -  Fio azul e branco (existente) que leva a alimentação positiva ao módulo de ignição electrónica.
C2 - Fio vermelho de 1,5mm, para levar alimentação ao relé e à bomba de combustível.
D - Motor de Arranque.
D1 - Alimentação positiva do motor de arranque (fio vermelho grosso, existente).
D2 - Sinal, positivo, para a ordem de funcionamento do Motor de Arranque (fio vermelho fino, existente).
D3 - Fio magenta de 1,5mm, para levar alimentação positiva à bomba de combustível.
E - Díodo 1N4007
F - Fusível de 5 Amperes (dependendo da potencia da bomba) e respectiva base/suporte estanque.
G - Relé de 5 Pinos 12V/20A (mínimo).
G1 - Fio vermelho de 1,5mm, para levar alimentação positiva à bomba de combustível.
H - Filtro de combustível.
H1 - Tubo de combustível vindo do depósito.
I - Bomba de Combustível de Sucção.
I1 - Tubo de combustível para o motor.
J - Sensor de pressão de óleo.
J1 - Fio Cinzento e Amarelo (Existente) para a "Luz do Óleo" no tablier.
J2 - Fio preto de 1,5mm para a alimentação negativa do relé.
K - Interruptor de inércia (opcional).

Esquema de ligação do relé:
 
Clicar para aumentar 

Notas:
  • As cores dos fios a montar/colocar são ao critério dos Pandistas.
  • A ligação dos condutores aos pontos de alimentação deverá ser efectuada por conectores iguais aos existentes no Panda.
  • A secção dos fios (1,5mm) está definida para a utilização de um fusível de 10A no máximo!

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Juntas Homocinéticas compatíveis.

Tem havido uma grande procura das juntas homocinéticas.
Há uns anos atrás descrevi aqui uma solução para minorar o barulho resultante das folgas nas juntas.

Hoje deixo a solução para a aquisição das juntas. Sei que se perguntarem nas lojas de peças estes dizem que as mesmas são caras ou que não existem.

Mas… como tudo na FIAT, existem várias juntas homocinéticas para outros veículos do grupo FIAT e até mesmo da Ford, que são compatíveis com as da transmissão do Panda 4x4.

Para isso basta usar a junta homocinética superior dos cardans (a que fica junto da caixa de velocidades).
Estas são iguais ás do veio de transmissão, traseiro, do Panda 4x4, a única coisa que é diferente é o fole, mas usa-se na mesma sem qualquer problema.
Lista de referências dos fabricantes dos quais se pode utilizar as juntas homocinéticas:
MARCA
Código OEM
ALFA ROMEO
46307129
FIAT
4315132
FIAT
60806930
FIAT
82282139
FIAT
92601388
FIAT
92601892
FIAT
9936769
FORD
1493963
FORD
6962754
FORD
72GG-4635-BA

Algumas das viaturas que usam juntas homocinéticas compatíveis:

ALFA ROMEO
155 (167) (125 PS, 04.1993 - 12.1997 MY)
·  2.5 TD (167.A1A), Ano de Construção 04.1993 - 12.1997, 2499 ccm, 125 PS

FIAT
CROMA (154) (90 - 162 PS, 12.1985 - 12.1996 MY)
·  1900 Turbo D i.d., Ano de Construção 11.1992 - 12.1996, 1929 ccm, 94 PS
·  1900 Turbo D i.d. (154.LL, 154.PL), Ano de Construção 05.1989 - 10.1992, 1929 ccm, 90 PS
·  2000 i.e. (154.AD), Ano de Construção 03.1987 - 09.1992, 1995 ccm, 120 PS
·  2000 i.e. (154.AM), Ano de Construção 03.1986 - 09.1990, 1995 ccm, 113 PS
·  2000 i.e. (154.AM, 154.LM), Ano de Construção 10.1987 - 08.1996, 1995 ccm, 116 PS
·  2000 i.e. Turbo (154.AM), Ano de Construção 12.1985 - 06.1990, 1995 ccm, 155 PS
·  2000 i.e. Turbo (154.AM, 154.LM), Ano de Construção 06.1987 - 08.1996, 1995 ccm, 150 PS
·  2500 TD (154.LL, 154.PL), Ano de Construção 05.1989 - 08.1996, 2500 ccm, 115 PS
·  2500 TDE, Ano de Construção 12.1991 - 08.1996, 2500 ccm, 105 PS
·  2500 V6, Ano de Construção 06.1993 - 08.1996, 2492 ccm, 162 PS
TEMPRA (159) (69 - 113 PS, 04.1990 - 08.1996 MY)
·  1.4 i.e. (159.AC), Ano de Construção 03.1991 - 08.1996., 1372 ccm, 78 PS
·  1.4 i.e. (159.AC, 159.AX), Ano de Construção 04.1990 - 08.1996, 1372 ccm, 69 PS
·  2.0 i.e. (159.AP), Ano de Construção 10.1990 - 08.1996, 1995 ccm, 113 PS
TEMPRA S.W. (159) (113 PS, 01.1991 - 03.1995 MY)
·  2.0 i.e. (159.AP), Ano de Construção 01.1991 - 03.1995, 1995 ccm, 113 PS
·  2.0 i.e. 4x4 (159.AP), Ano de Construção 03.1992 - 03.1995, 1995 ccm, 113 PS
TIPO (160) (71 - 113 PS, 07.1987 - 04.1995 MY)
·  1.4 (160.AC), Ano de Construção 07.1987 - 12.1989, 1372 ccm, 71 PS
·  1.4 i.e., Ano de Construção 05.1989 - 04.1995, 1372 ccm, 78 PS
·  1.6 i.e. (160.A1, 160.EC, 160.EB), Ano de Construção 10.1992 - 04.1995, 1581 ccm, 75 PS
·  1.6 i.e. (160.AF), Ano de Construção 07.1990 - 01.1993, 1581 ccm, 78 PS
·  2.0 i.e. (160.AJ), Ano de Construção 06.1990 - 03.1992, 1995 ccm, 109 PS
·  2.0 i.e. (160.AT, 160.AJ), Ano de Construção 03.1990 - 04.1995, 1995 ccm, 113 PS

LANCIA
PRISMA (831AB0) (65 - 108 PS, 01.1983 - 02.1992 MY)
·  1.6, Ano de Construção 08.1986 - 02.1992, 1585 ccm, 99 PS
·  1.6, Ano de Construção 01.1983 - 04.1986, 1585 ccm, 105 PS
·  1.6 i.e., Ano de Construção 05.1986 - 12.1989, 1585 ccm, 108 PS
·  1.9 Diesel, Ano de Construção 01.1983 - 02.1992, 1911 ccm, 65 PS
·  1.9 Turbo Diesel, Ano de Construção 05.1985 - 12.1989, 1928 ccm, 80 PS

Podem também usar as seguintes juntas de outros fabricantes:
MARCA
REFERÊNCIA
SKF
VKJA8688
SPIDAN
21241
QUINTON HAZELL
QVJ987
METELLI
16-1002
LÖBRO
302238
GSP
602006
EKG
921241, 4512K
DA SILVA
JR4512
CIFAM
617-002


quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Ligação de um conta rotações

O Conta rotações:
O conta rotações é um instrumento criado para medir as rotações por minuto de um motor, daí a designação RPM (Rotações Por Minuto).

O conta rotações funciona medindo, numa linha de tempo, as variações de tensão da bobina; por exemplo 4000 variações de tensão em 1 minuto, num motor de 4 cilindros correspondem a 1000 RPM. 

Ligar um conta rotações aos nossos Pandas é fácil, basta saber onde ligar o fio do conta rotações que recebe o sinal, normalmente de cor verde.

Para as ligações recomendo que se usem ligadores rápidos).

Nos Pandas a carburador a captação do sinal, é feita ao negativo da bobine de ignição (fio castanho e branco):
(Clicar para aumentar)
Legenda:
A – Conta Rotações (com captação de sinal ao negativo)
A1 – Massa
A2 - Positivo – Liga ao positivo da bobine de ignição ou ao comutador da chave de ignição
A3 – Sinal
A4 - Massa (iluminação do conta rotações)
A5 - Positivo (iluminação do conta rotações) - Liga ao interruptor de iluminação 
B – Bobine de Ignição
B1 – Negativo (vindo do modulo de ignição eletrónica) - Cor: Castanho e Branco
B2 – Positivo (vindo do comutador da chave de ignição) - Cor: Azul e Preto
B3 – Positivo (para do modulo de ignição eletrónica) - Cor: Azul e Preto
C – Ligador rápido 

Nos Pandas com motores do tipo SPI (injecção monoponto) a captação do sinal é feita ao pino 23 da centralina ou ao cabo que liga ao mesmo.
(Clicar para aumentar)

Nos Pandas com motores do tipo MPI (injecção multiponto) a captação do sinal é feita ao pino 4 da centralina ou ao cabo que liga ao mesmo.
(Clicar para aumentar)

Outra opção para os motores SPI e MPI e de ligar o fio verde, de captação do sinal, do conta rotações ao negativo das bobines:
(Clicar para aumentar)
Legenda:
A – Conta Rotações (com captação de sinal ao negativo)
A1 – Massa
A2 – Positivo – Liga ao comutador da chave de ignição
A3 – Sinal
A4 - Massa (iluminação do conta rotações)
A5 - Positivo (iluminação do conta rotações) - Liga ao interruptor de iluminação 
B – Díodos 
B1 – Díodo Zener 1N5355B
B2 – Díodo 1N1004
B3 – Díodo 1N1004
C – Bobines de Ignição 
C1 – Positivo, vindo da chave de ignição (a cor varia consoante o tipo de injecção e centralina)
C2 – Negativo, vindo da centralina (a cor varia consoante o tipo de injecção e centralina)
C3 – Positivo, vindo da chave de ignição (a cor varia consoante o tipo de injecção e centralina)
C4 – Negativo, vindo da centralina (a cor varia consoante o tipo de injecção e centralina)
D – Ligador de Compressão 
E – Chave de Ignição 
F – Centralina
F1 – Sinal para o conta rotações (Pino 23 SPI / Pino 4 MPI)

Notas:
  • As representações dos pinos das bobines e centralinas são reais, pelo que para identificar onde se fazem as ligações só cruzar o desenho com os componentes referidos.
  • Os díodos e fios devem estar soldados entre si e isolados com manga Termo-retráctil. Em alternativa podem usar ligadores eléctricos e isolar com fita isoladora.
(Clicar para aumentar)

Exemplos de montagem:
 (Clicar para aumentar)

Agradecimentos:
Obrigado ao Pandista Pedro Mota pela informação acerca do Country Club de 1993 (motor SPI)

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Jogo Flappy Panda (Android)

  
Flappy Panda é um jogo de acção do estilo "arcade", para Android.
O jogo coloca-o no controlo do Pandista do Norte que precisa atravessar um percurso cheio de obstáculos, devendo bater os seus recordes de pontuação.
Os comandos do Flappy Panda são extremamente simples, bastando tocar no ecrã para que o Pandista vá para cima. No entanto, é preciso ter muita coordenação e reflexos para calcular a trajectória exacta do Pandista, evitando que ele caia no chão ou esbarre nos obstáculos que vão aparecendo pelo caminho.
O objectivo é atravessar o maior número de espaços entre os muros, somando os pontos que serão indicados na parte de cima da interface e contabilizados ao final das partidas.
Com um visual retro e uma jogabilidade limitada, Flappy Panda é um passatempo divertido, leve e viciante, que consegue prender fácil e rapidamente a atenção daqueles jogadores que gostam de testar os seus reflexos e bater recordes.
 Clicar nas imagens para aumentar

Download:
Clique na imagem para iniciar o download


Como instalar:

Passo 1 – Assegurar que tem um telemóvel ou tablet Android com a versão 2.2 ou superior do sistema operativo. Atualmente quase todos os utilizadores Android asseguram este requisito, de acordo com dados oficiais da Google 

Passo 2 – Descarregar o pacote da aplicação que vai ser instalada no telemóvel.

Passo 3 – Se fez o download no telemóvel ou tablet, o que se aconselha, basta depois carregar na notificação de transferência; se fez o download no computador, terá que passar o ficheiro Flappy_Panda.apk para o telefone através de Wi-Fi, Bluetooth ou cabo USB; use um gestor de ficheiros no telemóvel para encontrar a localização do pacote de instalação.

Passo 4 – Nas Definições do telemóvel, navegue até ao separador Segurança; aí permita que aplicações de fontes desconhecidas possam ser instaladas no telemóvel.

Passo 5 – Seleccione o ficheiro Flappy_Panda.apk; avance no processo de instalação até o mesmo estar concluído.

Passo 6 – Nas Definições do telemóvel, navegue até ao separador Segurança; e volte a não permitir que aplicações de fontes desconhecidas possam ser instaladas no telemóvel 

Passo 7 – Execute a 
aplicação.

Nota: Esta aplicação não esta no "Google Play" porque exigem cerca de 25€ para a colocar la!!!!!!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

FIAT ePER - Catálogo de peças online do Grupo FIAT

O FIAT ePER é um catálogo e preço de peças online, permitindo a selecção de todos os componentes para as viaturas do Grupo FIAT, sem a necessidade de se deslocar a lojas ou telefonar.

Para usar basta clicar no na imagem abaixo, seleccionar; o país, linguagem e qual a marca do Grupo FIAT (tudo no canto superior direito) > De seguida clicar em "Spare Parts (no lado esquerdo)

Clicar na imagem para abrir o ePER


Alternativa caso o link acima não estiver activo: ePER